Revivendo o Passado: Jurassic World

Estava muito ansiosa para ver o novo filme da franquia Jurassic Park, o Jurassic World e finalmente vi ontem 🙂

Ver e falar sobre Jurassic World sem lembrar do primeiro Jurassic Park é impossível. Então, antes de começar a falra sobre o novo filme, vou falar um pouco do que deu origem a essa franquia de grande sucesso do cinema mundial.

Infomania-Jurassic-Park-007

a999db81ac8a3a7aa36af72c6d71785c

Pois é, quando vi Jurassic Park (lançado em 1993) tinha apenas 5 anos e foi a maior febre. Logo veio a febre por dinossauros, eram brinquedos e álbum daquele antigo chocolate Supresa. Eu tinha o álbum  completo, mas não sei onde foi parar.

álbum dos chocolates surpresa com tema de dinossauros

álbum dos chocolates surpresa com tema de dinossauros

Quando vi o filme iniciando com aquele ataque de um animal que apavorou a todos, mas que nós espectadores, não conseguíamos ver do que se tratava, era impressionante. Todos queriam ver logo T-Rex, mas como Spilberg não é bobo nem nada, não deixou que os carnívoros aparecessem até mais ou menos metade do filme, gerando o grande clímax quando o Rex finalmente aparece saindo da sua cerca sem eletricidade. Quando finalmente revelaram o animal que realizou o ataque no início do filme, vemos que havia algo  pior do que o T-Rex, os velociraptores.

A cena que todos esperavam.

A cena que todos esperavam.

Pois é, o filme foi um grande divisor de águas no cinema no que diz respeito aos efeitos especiais. Hoje tem criança que diz que os efeitos especiais são horríveis. É uma blasfêmia. Foi empregado o que havia de mais moderno na época e sem dúvida, é o melhor filme da franquia.

Para quem não conhece a história: Jurassic Park foi idealizado pelo bilionário John Hammond recriou pela engenharia genética, utilizando o sangue dos dinossauros em mosquitos presos no âmbar. Para não haver descontrole populacional, o laboratório decidiu pela criação de apenas de animais fêmeas, mas acontece um pequeno imprevisto – na verdade vários. O código genético dos dinossauros não estava 100% preservados no mosquito, por isso precisaram preencher as lacunas com o código de um outro animal, no caso, um tipo de rã. Acabaram esquecendo de um detalhe: a rã que utilizaram tem a capacidade de mudar o sexo caso houvesse uma população apenas de um sexo. Assim, os animais tiveram a capacidade de procriação.

helicopter-ride-to-jurassic-park

O velociraptor nascendo

O velociraptor nascendo

Devido ao incidente que é mostrado logo no início do filme, Hammond resolve chamar especialistas para olharem o parque e ver possíveis vulnerabilidades. Os especialistas chamados foram: Ian Malcolm (Jeff Goldblum), Allan Grant (Sam Neil)e Ellie Sattler (Laura Dern). Além deles estão na ilha os netos do bilionário e funcionários. Sendo que um desse funcionários, tentando roubar embriões do parque desliga a eletricidade, gerando o maior caos.

Atire a primeira pedra quem viu isso da década de 1990 e não ficou nervoso.

Atire a primeira pedra quem viu isso da década de 1990 e não ficou nervoso.

O livro foi baseado no romance de mesmo nome escrito por Michael Crichton.

Jurassic Park teve três sequencias: The Lost World: Jurassic Park(1997); Jurassic Park III(2001), Jurassic World (2015).

Vamos então falar do Jurassic World.

jworld-banner-44

Bem, o rumor de seria gravado o 4 filme é antigo, mais ou menos desde 2002, mas só em 2011 que Spilberg declarou que estavam em andamento os preparativos para o Jurassic Park 4.

O parque é reaberto 22 anos após os incidentes no primeiro filme, na própria ilha Nublar (os filmes 2 e 3 se passam a Ilha Sorna, o chamado sítio B, onde havia o centro de pesquisa). O parque agora pertence ao bilionário Simon Masrani, que comprou a InGen após os incidentes das ilhas Nublar e Sorna. Durante 10 anos o parque é um sucesso. Mas uma queda de público começa a incomodar os acionistas da Masrani. Enquanto o ex-militar Owen Grady (Chris Pratt) conduz uma pesquisa comportamental com Velociraptores. a equipe de geneticistas do parque liderada por Dr. Henry Wu, que aparece no primeiro filme (B.D. Wong) e a coordenada pela gerente de operações Claire Dearing (Bryce Dallas Howard) resolve criar uma nova atração, algo que traga de volta o interesse do público. A Criação é o Indominus rex. Bem, aí começa o problema.

O Dr. Wu aparece novamente no filme 4

O Dr. Wu aparece novamente no filme 4

jurassic-world-trailer

O que achei do filme?

É o filme é legal, mas nenhum outro conseguiu se aproximar do primeiro Jurassic Park. Achei a história interessante, os acontecimentos ocorrerem no parque já aberto foi um diferencial. Acho que o fato de a maior parte das cenas não ser gravada em fundo azul, como ocorre com a maior parte dos filmes atuais com muitos efeitos especiais, é um fator positivo. Na cena que haveria um animal introduzido digitalmente, haviam atores para poder ajudar os atores na interpretação das cenas, dando mais verdade ao medo dos personagens. Os diretores não quiseram abandonar os bons e velhos animatrônicos.

640_jurassic_world_embed1

Achei muito legal o fato do filme fazer muitas referências ao primeiro filme, como antigas dependências e na blusa de um dos funcionários do atual parque.

É um filme que vale a pena ver, não tem grandes surpresas, não vá querendo reviver as sensação do filme de 1993, mas é uma experiência boa.

Obs: Não vale muito a pena ver em 3D.

Por Rebeca Gonzalez

* Imagens retiradas da internet

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s